Apresentação

"25 anos de dedicação"

"Um referencial de qualidade"


A Clínica Gastroendoscópica Dr.º Paulo Paternostro, comunica aos seus pacientes, médicos e conveniados, a inauguração da ampliação das suas novas e modernas instalações.

Ampla, com aproximadamente 350 m², confortável, com tecnologia de última geração, atendimento informatizado, personalizado e humanizado, com profissionais qualificados, fazem a diferença para continuar garantindo a sua saúde e bem estar com toda segurança.

  • Sistema de Multi-atendimento “Call Center System”.
  • Sistema de Captura de Imagens e Vídeos
  • Sala de Recuperação com seis leitos “Recovery Room”
  • Salas de Assepsia e Exames conforme as normas da ANVISA(Agência Nacional de Vigilância Sanitária) RDC no 06/2013.

A Segurança assistencial é um compromisso de todos nós. Por isso, desenvolvemos protocolos operacionais padrões(POP) além da sistematização de processos internos. Respeito e a solidariedade aos nossos pacientes,são os pilares da nossa Gestão de resultados, levando-nos a um nível de excelência significativo.

Utilizamos o sistema de SMS de mensagem para confirmar consultas e exames com possibilidade do paciente retornar a mensagem confirmando ou não sem custos para o mesmo.

Nossas Instalações

Clique nas imagens e conheça nossas instalações.

Bem vindo!

Clique para ampliar

Bem vindo!

Clique para ampliar

Bem vindo!

Clique para ampliar

Bem vindo!

Clique para ampliar

Bem vindo!

Clique para ampliar

Bem vindo!

Clique para ampliar

Bem vindo!

Clique para ampliar

Bem vindo!

Clique para ampliar

Bem vindo!

Clique para ampliar

Bem vindo!

Clique para ampliar

Bem vindo!

Clique para ampliar

Bem vindo!

Clique para ampliar

Exames

Veja abaixo a relação de consultas exames e procedimentos que realizamos.

Vídeo - Endoscopia Digestiva alta

Retosigmoidoscopia flexível

Vídeo - Colonoscopia, cromoscopia

Biópsias, tatuagens de lesões

Polipectomias com alças e “hot biopsy”

Hemostasia química e mecânica com “hemoclips”

PHmetria e manometria esofágica

Ligadura de varizes no esôfago

Retirada de corpo estranho

Dilatação de estenoses com o sistema “TTS”

Realização de Endoscopia pós cirurgia bariátrica

Consultas de Gastroenterologia e Hepatologia.

Cápsula Endoscópica

Convênios

Confira abaixo a lista dos nossos convênios.

Amil Saúde
Apub Saúde
Asfeb Saúde
Assefaz
Banco Central
Bradesco Saúde
Casseb
Cassi
Chesf
Embratel
Mediservice
Pame Saúde
Petrobrás
Postal Saúde
Pró Social
Saúde Caixa
Sulamérica
Telos
Tempo Saúde
TRT 5 Saúde

Corpo Clínico

Conheça a nossa equipe de profissionais.

Drª. Ana Luiza Pinheiro - CRM 22.133

Drª. Cândida Leitão Guerra - CRM 22.925

Drª. Fernanda Sales - CRM 19.634

Drª. Jamile S. Carvalho - CRM 20.510

Drª. Luana Maia Fernandes- CRM 17.394

Drª. Maíra Maciel - CRM 21.131

Drª. Mariama Fagundes - CRM 21.425

Drª. Mariana Navarro - CRM 17.869

Drª. Marília Nagamine Muricy - CRM 20.772

Dr. Marcio Rios Leite- CRM 17.754

Dr. Paulo Paternostro - CRM 6242

(Diretor Técnico)

Drª. Sandra Figueiredo - CRM 18.125


Equipe de Anestesiologia

Drª Erica Barros - CRM: 22.547

Dr. Luciano Lacerda - CRM: 12.415

Drª. Mariana Morais - CRM 26.882

Dr. Victor Vieira - CRM 18.469

Atividades Científicas


Dúvidas

Perguntas frequentes.


1. Existem outras alternativas de testes para rastreamento de Carcinoma coloretal ? Qual o valor prático?

Sim. O teste de sangue oculto nas fezes ( guiáaco ou através de anticorpos nas fezes ), apesar dos resultados falsos negativos e positivos serem significativos .São testes para a população em geral, em averiguação de estudos epidemiológicos.

Existe a Retosigmoidoscopia flexivel, entretanto só será inspecionado a porção DISTAL do intestino grosso, podendo deixar passar lesão, assintomatica, nas regiões proximais do cólon DIREITO.

O Enema de duplo contraste-radiografia do Intestino com bário - encontra-se em desuso, a não ser quando houver contra-indicação para realizar colonoscopia.

Enfim, a modadlidade preferida baseado em evidências científicas , é atualmente a COLONOSCOPIA , para casos com risco alto ou médio para desenvolver CCR.

2. A bacteria Helicobacter Pylori é cancerígena ?

É um co-fator para desenvolvimento de Câncer gástrico, segundo os consensos e estudos científicos, além de condições genéticas e exógenas tipo cigarro, alimentos.

Cabe salientar, que o portador desta bactéria gástrica não desenvolverá a doença Cancerígena se não tiver os outros fatores . Igualmente como o cigarro está para o pulmão.

A bactéria, uma vez detectada, deve ser tratada.

3. Quais as indicações para fazer a endoscopia digestiva alta?

O exame é realizado para diagnosticar sintomas, como: azia, queimação, dor abdominal, náuseas, vômitos ou dificuldade para engolir, sangramento do trato gastrointestinal alto, entre outros. A endoscopia é mais precisa que o exame radiológico para detectar inflamações, úlceras ou tumores (benignos ou malignos) do esôfago, estômago e duodeno, embora, em alguns casos, a complementação da investigação com exames radiológicos seja importante. O exame também permite que sejam feitas biópsias (pequenas amostras do tecido) de áreas suspeitas ou a retirada de pequenas lesões.

A endoscopia também é utilizada para tratar algumas doenças do trato gastrointestinal superior, como: dilatação de áreas estreitadas, interromper sangramento de úlceras, ocluir varizes no esôfago e remoção de pólipos (geralmente crescimento benigno da mucosa).

Quais as contraindicações?

Todos podem realizar este exame, mas alguns cuidados a mais devem ser tomados em quem tem problemas cardíacos, respiratórios, neurológicos, gestantes e aqueles com alergia a medicações que possam ser utilizadas no procedimento.

Qual o preparo necessário?

Para um exame seguro, o estômago deve estar completamente vazio, por isso o paciente deve permanecer em jejum de 8 a 12 horas antes ao exame. O médico irá determinar o horário do início do jejum. Também é importante que o paciente venha acompanhado.

Depois disso, é colocada uma peça oca na boca que impede o paciente de morder o aparelho, o qual é bastante  sensível a  acidentes.  O endoscópio é introduzido pela boca e garganta até o esôfago, estômago e duodeno. O aparelho não interfere na respiração durante o exame. Para analisar o estômago adequadamente, é necessário que ele esteja cheio de ar, que é introduzido pelo endoscópio. Um exame diagnóstico comum dura, em média, cinco minutos.

O que acontece se é encontrado algo anormal no exame?

A endoscopia pode revelar alterações na mucosa. Caso isso aconteça, uma pinça pode ser introduzida por um canal do aparelho para obter uma biópsia, que será enviada para exame microscópico em um laboratório de Anatomia Patológica de confiança. Se for identificado o local de um sangramento, o médico poderá controlá-lo. Também podem ser retirados pólipos e tratadas varizes no esôfago.

Quais são as possíveis complicações da endoscopia digestiva alta?

O exame geralmente é seguro e as complicações são raras. A mais comum é um sangramento local após biópsia ou remoção de um pólipo. Outros riscos incluem reação aos sedativos, complicações cardíacas ou pulmonares e perfuração.

O que ocorre após a endoscopia digestiva alta?

Após o exame, o paciente vai para a sala de repouso, até que os principais efeitos da medicação tenham passado. Desconforto poderá ser sentido, por causa do ar introduzido no estômago durante o exame, e a garganta poderá ficar um pouco dolorida. A dieta será liberada, a não ser que lhe sejam dadas outras orientações.

Fale conosco

Preencha nosso formulário que entraremos em contato

Nossos Contatos

Rua Agnelo de Brito, nº 187, 1º andar, Garibaldi.
71 3245.5664 | 3245.3628 | 3036.6700 | 98789.5664